Os melhores parques de Milão
Saber mais
pt
  • in
    out
  • Acomodações
  • Adultos
  • Crianças
  • Livro
  • Editar/Cancelar Reserva
Reservar
Menu
Fechar

Os melhores parques de Milão

Milão têm mais de 80 jardins públicos, grandes e pequenos, muitos dos quais ricos de história, decidimos escolher àqueles que têm uma característica especial...

O Parque Sempione, com certeza um dos preferidos dos Milaneses, se estende desde o Castelo Sforzesco ao Arco della Pace. Com suas pistas para jogging em estilo Inglês, campos verdes e românticas pontes é o lugar ideal para relaxar e desfrutar o sol. Mesmo com oito entradas, os seus principais pontos de acesso são do Castelo e do Museu della Triennale.

Os Jardins Públicos Indro Montanelli (Porta Veneza) eram um dos lugares preferidos do famoso jornalista italiano, Indro Montanelli, a quem o parque foi dedicado em 2002. Hospeda o Museu de História Natural e o Planetário, mas também uma série de interessantes espécies Botânicas, um parque infantil e um oásis para as borboletas.

Os Jardins da Villa Belgiojoso Bonaparte ( que os milaneses chamam “Jardins da Villa Reale”). Aqui vige uma regra curiosa, os adultos podem entrar só se acompanhados por crianças. Dispõe de uma extensão de águas e um pequeno templo dedicado ao Amor, o parque têm um aspecto típico do Séc. XIX. Hoje a Villa Neoclássica hospeda il GAM de Milão (Galeria de Arte Moderna).

Digno de nota pela combinação entre a natureza e a arquitetura é o Parque Giovanni Paolo II, uma vez conhecido como “ Parque das Basílicas”, localizado entre as duas antigas Basílicas de Sant'Eustorgio e San Lorenzo. Caracterizado pela coexistência entre as ruínas romanas e áreas de jogos bem equipados, o parque é um ponto de encontro para os jovens, e também para os vizinhos do bairro de Porta Ticinese.

Em todos os parques de Milão pode-se encontrar as pequenas fontes que oferecem aos passantes água para refrescar-se: os Milaneses as chamam “vedovelle”, “viuvinhas”, porque nunca param de “chorar”!